Babá ideal e cuidados com o seu recém-nascido

Índice

Se despedir do seu filho pode ser uma atividade muito difícil, mesmo que em cenários simples, como o primeiro dia dele na escola, mas antes disso existe uma partida mais dolorosa, que é deixar o filho em casa para ir trabalhar, o deixando com uma babá ideal.

Ou ao menos é que todo pai está em busca para que possa se dedicar às suas atividades profissionais sem que a sua concentração esteja totalmente na segurança do seu filho, que naquele momento pode estar sendo cuidado por uma pessoa diferente.

Bem, nos primeiros dias de fato é impossível se sentir seguro deixando sua criança aos cuidados de um terceiro, principalmente quando se trata de um bebê, que precisa contar com uma atenção redobrada, mas com o tempo surge a confiança e com isso a segurança.

É útil também contar com as novas tecnologias para manter um acompanhamento frequente dos seus pequenos em casa, como um monitoramento remoto de câmeras, que permite por meio de um aplicativo alguém acompanhar o estado do seu bebê no berço.

Só é preciso ter cuidado para não passar o dia olhando para a tela do seu celular ao invés de prestar atenção nos assuntos que estão sendo discutidos dentro de uma reunião, afinal a sua criança foi deixada em casa justamente para que os pais possam voltar ao trabalho.

Diante disso é importante encontrar alguém de qualidade ímpar, que será responsável por tomar conta deste que acaba de se tornar um dos patrimônios mais importantes que irá surgir em sua vida.

E da mesma forma em que se deve procurar por um bom gerente para cuidar das suas finanças e de um bom distribuidor de luminárias led para decorar o quarto do seu bebê, é necessário encontrar um profissional de perfil ideal para tomar conta do seu filho.

O que nos leva à valorização do cargo de babá, uma profissão cuja origem é muito antiga, mas que a sua importância nunca esteve tão grande como acontece no estado atual da sociedade.

O valor da babá no decorrer dos tempos

No reino animal, é esperado que os bichos tomem conta de suas crias até que elas estejam maduras o suficiente para andar com seus próprios pés. Diferente do que ocorre com o ser humano por causa da maior fragilidade dos bebês, que precisam sempre de atenção.

Um trabalho que acaba sendo repassado aos seus pais, principalmente à figura da mãe, seguindo alguns preceitos sociais, que repassou às mulheres maiores responsabilidades em relação à criação dos seus filhos, retirando muitas vezes as obrigações paternas.

Cenário que passou a se modificar com a entrada do público feminino no mercado de trabalho, sendo necessário a presença de alguém para tomar conta das crianças até que os seus pais voltem para casa, com o fim da sua jornada diária de trabalho.

Situação que coloca a babá como uma profissional importante para a sociedade como um todo. Isso em um ponto no qual até mesmo algumas companhias, como uma fábrica de capachos personalizados, pode oferecer um serviço de creche aos seus profissionais.

Mas isso não quer dizer que a profissão de babá surgiu apenas nos últimos anos. Pelo contrário, a origem dessa função é associada ao período da Idade Média, no qual as famílias da nobreza contavam com o auxílio de alguém responsável por tomar conta das crianças.

De lá para cá houve uma ampliação desse setor profissional diante da necessidade cada vez maior por esse tipo de serviço, com ambos os pais dedicando-se às suas carreiras, fora o alto número de mães solo que se encontram presentes no Brasil.

Isso, porém, não quer dizer que um pai se sinta seguro em deixar o seu filho com o primeiro profissional que aparecer em sua frente, estando em busca por alguém de qualidade, que tenha condições de tomar conta da sua criança ou bebê da melhor forma possível.

Em certos casos a procura por uma babá pode ocorrer justamente por não existir confiança nos serviços de uma creche, que é voltada a tomar conta de um número amplo de bebês, no qual nem mesmo a instalação de sistema de câmeras de segurança passa convicção.

Pontos que façam alguém estar em busca do estilo ideal de babá, um perfil que essas profissionais devem então fazer o máximo para ao menos se aproximar dessa imagem de qualificação desejada, para assim conquistar uma maior visibilidade dentro do mercado.

Cuidados que uma babá deve ter

Para tomar conta de uma criança, principalmente um bebê, é preciso que uma babá conte algumas especializações, apresentando todas as condições possíveis para cuidar da vida desses pequenos dentro de um período específico, via turnos ou em serviço integral.

Entre os cuidados que precisam ser tido por parte dessa profissional, é possível destacar:

Alimentação

Uma criança precisa contar com uma alimentação adequada para que seja possível ter acesso à uma saúde de ferro, além de outras questões que ajudam no desenvolvimento da criança.

Em relação a isso, é responsabilidade da babá garantir uma alimentação adequada, respeitando os horários das refeições, além do preparo desse prato, como uma maneira no caso dos recém-nascidos.

Sendo importante ter atenção à qualidade e preservação desses alimentos, com uma instalação de ar condicionado residencial podendo até mesmo aumentar a duração da qualidade desses alimentos, caso sejam esquecidos fora da geladeira.

Atividades de lazer

Tomar conta de uma criança significa estar atento também ao lazer desses jovens, reservando parte do seu tempo para brincar com a criança ou até mesmo com o bebê, de forma a estimular a criatividade do pequeno, fortalecendo assim sua capacidade cognitiva.

Vestimentas adequadas

Se vestir de forma adequada para atuar como babá não significa que essa profissional precisa estar uniformizada, já que essa não é uma exigência geral de quem contrata tal serviço, mas isso não significa que exista permissão para usar qualquer peça de roupa.

Sendo adequado, por exemplo, evitar roupas com muitos detalhes, tais como enfeites que podem soltar da sua blusa e parar na boca de um recém-nascido. E o mesmo é válido para as crianças, sendo importante vesti-las com peças leves e confortáveis.

No período da pandemia destacou-se também a necessidade de recorrer a um atacado de mascara descartavel, para assim proteger o organismo mais frágil dos bebês.

Saber lidar com possíveis conflitos

Cuidar de uma criança exige um certo controle de si, estando preparado para lidar com qualquer tipo de conflito, tal como um pequeno que não obedece ou um bebê que coloca algum brinquedo na boca. Fora os diversos motivos por trás do choro, como:

  • Fome;
  • Cólicas;
  • Refluxo;
  • Estar com a fralda suja.

Sendo preciso que uma babá consiga identificar cada um desses sinais, sabendo como lidar corretamente com cada um dos tópicos citados, evitando tomar atitudes mais agressivas, que, além de não serem saudáveis para o bebê, podem resultar na demissão da babá.

Prevenção de acidentes

Em um piscar de olhos uma criança pode correr de um cômodo para outro, assim como um bebê pode se engasgar com um pano que colocou na boca. Para evitar tais acidentes é preciso ter uma alta concentração.

Junto disso é importante retirar objetos perigosos do alcance das crianças, além da aquisição de alguns itens, como: uma Capa coladinha para sofá retrátil, a fim de garantir que o bebê estará em um local higienizado, sem a presença de nada que possa ser um risco à sua saúde.

Mas se engana quem acha que certos cuidados são responsabilidades apenas da babá, sendo importante que os pais saibam também como se precaver diante da sua relação com essa profissional tomadora de conta de crianças e bebês.

Ações para a encontrar a melhor babá

Para achar a pessoa ideal para cuidar do seu filho é importante procurar por certas recomendações, sendo possível recorrer até mesmo a uma agência profissional, e mesmo após encontrar tal babá, é preciso também adotar algumas estratégias.

A começar por um período de “test-drive”, isso quer dizer dar tempo para que o seu filho se acostume com a babá, sendo importante acompanhar esse processo, ao menos nos primeiros dias, para que o bebê se sinta familiarizado com a babá.

É indicado deixar em casa alguns objetos familiares, tais como brinquedos e pelúcias, que sirvam como algum tipo de apoio e conforto para essa criança. Por fim é importante contar com um plano, afinal nunca se sabe quando a sua babá pode ficar doente.

Uma série de cuidados que de tão específicos podem até mesmo se assemelhar ao trabalho realizado em empresas de limpeza e higienização de reservatórios de água, ou qualquer tipo de setor da indústria.

Até porque, para tomar conta do seu filho, é comum procurar por pessoas da maior capacitação possível que estejam disponíveis para tal função.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Crianças dando a mão

Categorias

Posts Recentes

Compartilhe em suas Mídias Sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Tags

Posts Relacionados

empregada doméstica terceirizada

Trabalho doméstico duas vezes por semana

A ampliação dos direitos trabalhistas no trabalho doméstico, como horas extras e jornada máxima diária para trabalhadores domésticos, também visa alterar a relação entre empregadores