logo-blog
Search
ambiente seguro e confortável para os idosos

Quais as regras para ter um cuidador de idosos 24 horas?

Índice

A rotina de um cuidador de idosos 24 horas pode variar dependendo das necessidades específicas do idoso que está sendo cuidado, mas geralmente envolve uma série de atividades diárias para garantir que o idoso esteja seguro e confortável. 

O profissional que trabalha como cuidador 24 horas ou não, possui algumas tarefas que precisam ser realizadas diariamente para garantir que o idoso se sinta bem durante o dia a dia, algumas delas incluem: 

  • Preparar as refeições;
  • Fazer a limpeza da casa;
  • Auxiliar na higiene pessoal;
  • Administrar medicamentos;
  • Acompanhar visitas médicas;
  • Auxiliar na locomoção do idoso.
  • Monitorar a saúde e o bem-estar do idoso;
  • Ajudar o idoso a se preparar para dormir;
  • Entre outras.

Assim como qualquer outra profissão, o cuidador de idosos 24 horas também possui direitos e deveres que precisam ser respeitados por ambas as partes, e hoje iremos entender mais sobre eles para ajudar quem deseja se tornar esse profissional ou contratar um. 

Veja quanto ganha um cuidador de idoso 24 horas

Hoje, diversas oportunidades de trabalho existem no mercado, seja em uma empresa de ventosa de silicone ou até mesmo como cuidador de idosos, mas saber quanto essa profissão paga é essencial antes de qualquer decisão. 

De maneira geral, o salário de um cuidador de idosos no Brasil varia entre R$1.500 e R$3.000 por mês, com a média nacional em torno de R$2.000 a R$2.500 mensais. 

É importante lembrar que muitos cuidadores trabalham como profissionais autônomos e, portanto, podem definir seus próprios preços e negociar o valor do serviço diretamente com as famílias ou instituições que os contratam.

Além do salário, muitos cuidadores de idosos também recebem outros benefícios, como vale-transporte, alimentação e moradia (caso morem na residência do idoso), descontos em tratamentos como na aplicação de botox em São Paulo, direito a seguro saúde e outros benefícios.

Entender mais sobre a faixa salarial dessa profissão é extremamente importante para que um futuro cuidador de idosos já tenha ideia de quanto irá receber, assim como a pessoa que pensa em contratar um, já saiba quanto terá que investir para tal.

Entenda os direitos assegurados por lei para esse profissional 

Falando um pouco mais sobre os direitos desse profissional, os cuidadores de idosos têm direitos assegurados por lei que devem ser respeitados pelos empregadores e contratantes. Algumas das principais leis que garantem direitos aos cuidadores incluem:

CLT

Consolidação das Leis do Trabalho: Os cuidadores de idosos são considerados trabalhadores e têm direito aos benefícios previstos pela CLT, como salário mínimo, férias, 13º salário, FGTS, horas extras e descanso semanal remunerado.

PEC das Domésticas

A Emenda Constitucional, estendeu aos cuidadores de idosos os mesmos direitos trabalhistas garantidos aos demais empregados domésticos, como jornada de trabalho de 44 horas semanais e ajuda no aluguel cadeira de rodas para o idoso.

Lei de Cuidadores

Em 2021, foi sancionada a Lei nº 14.395/2021, que instituiu a Política Nacional de Cuidados. A lei prevê a criação de programas de formação e qualificação de cuidadores, além de incentivos fiscais para as empresas que contratarem cuidadores de idosos.

Estatuto do Idoso

Além disso, o Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/2003) estabelece que os idosos têm direito a cuidados e proteção por parte da família, da comunidade e do Estado, e que os cuidadores devem ter formação e qualificação adequadas para desempenhar suas funções.

É importante lembrar que, além dessas leis, os cuidadores de idosos também têm direito a um ambiente de trabalho seguro e saudável, a respeito e dignidade, e a receber salário e benefícios de acordo com a legislação trabalhista vigente. 

Saiba quais são as jornadas de trabalho que incluem 24 horas

Para finalizar o conteúdo, nada melhor do que entender um pouco mais sobre como funciona a jornada de trabalho desses profissionais, que além do devido descarte de lixo hospitalar quando acompanha o idoso ao hospital, envolve diversos outros pontos. 

Na jornada 24×48, o cuidador trabalha por 24 horas seguidas e depois descansa por 48 horas. Já na jornada 12×3, o cuidador trabalha por 12 horas seguidas e depois descansa por 36 horas. Essa jornada é menos comum, mas ainda é utilizada em algumas situações.

A jornada 24×72 funciona quando o cuidador trabalha por 24 horas seguidas e depois descansa por 72 horas e, por fim, a jornada 6×1, permite que o cuidador trabalhe por seis dias seguidos e depois descansa por um dia, a jornada mais comum que vemos. 

Independentemente da jornada de trabalho, é importante que o cuidador de idosos tenha um horário de descanso adequado e que receba remuneração e benefícios de acordo com a legislação trabalhista vigente.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Posts Relacionados

pessoa lavando as mãos

Todos os direitos das Empregadas domésticas

  Saber quais são todo os direitos das empregadas domésticas é fundamental antes de realizar uma contratação, isso porque, muitas vezes a sua necessidade não

Oprah Winfrey

7 mulheres empreendedoras e o que aprendemos com elas

Há séculos mulheres empreendedoras inspiram outras gerações com suas histórias de superação, conquistas e lições de vida. Muitas tiveram que lidar intensamente contra as adversidades

diarista

Critérios para Escolher uma Diarista Confiável

Ao escolher uma diarista confiável para cuidar da limpeza de sua casa, é essencial considerar vários critérios importantes.  Desde a confiabilidade até a qualidade do

enfermeira pediatrica

Enfermeira Pediátrica como Apoio aos Pais

Quando se trata da saúde e bem-estar dos filhos, os pais muitas vezes se encontram navegando em águas desconhecidas, especialmente quando enfrentam desafios médicos.  Nesses