logo-blog
Search
cuidador

Preciso de uma cuidadora urgente, e agora?

Índice

Muitos idosos que moram sozinhos, ainda que sejam bastante ativos, podem precisar de uma cuidadora urgente.

As pessoas passam cada vez mais tempo fora de casa, trabalhando ou estudando, e juntamente a isso, a expectativa de vida vem aumentando.

Mas muitas vezes ter um cuidador à disposição 24 horas por dia pode ser caro para os familiares e até mesmo um incômodo para o paciente, principalmente para aqueles que sempre foram independentes.

Quando contratar um cuidador de idosos?

Em situações que demandam um acompanhamento em tempo integral, o cuidador de idosos é o profissional mais indicado. Além de situações como:

  • Pessoas acamadas;
  • Sem mobilidade;
  • Pessoas que precisam de ajuda para comer;
  • Pessoas que precisam de ajuda para fazer as necessidades fisiológicas;
  • Pessoas com enfermidades psiquiátricas.

Diferentes serviços podem ser usados em conjunto, trazendo mais conforto e segurança para o gestor de uma empresa de tubo de silicone transparente que tem um familiar idoso.

Alguns optam por contratar um cuidador em período parcial e ficar assistido no restante do tempo pelo sistema de emergência pessoal.

Já o cuidador tem o equipamento de emergência pessoal como seu aliado, pois em casos mais graves, basta pressionar um botão de emergência para pedir ajuda enquanto realiza os primeiros socorros e acalma o paciente.

O botão de emergência

Uma alternativa muito comum no exterior que chegou ao Brasil é o sistema de emergência pessoal.

Esse é um equipamento conectado à linha telefônica da residência que possui um botão de emergência, que pode ser usado como pingente ou pulseira ao longo de todo o dia, sendo à prova d’água.

São diversos os benefícios, como o fato do idoso não perder sua autonomia e poder pedir ajuda quando precisar.

Além do cuidado com o idoso e o atendimento 24 horas, podem ser adicionados acessórios ao equipamento principal conforme as necessidades do usuário, como sensor de queda, detector de fumaça ou outros acessórios importantes para o paciente.

Contando com tantos benefícios, seu custo mensal é tão acessível quanto um dispenser para banheiro: a média cobrada pelo serviço completo de emergência pessoal é de R$175, mas pode variar com a inclusão de acessórios.

Emergências mais recorrentes

Vamos abordar as principais emergências com as quais a cuidadora de idosos pode se deparar em sua rotina de trabalho, sendo preciso estar preparado para atendê-las.

Traumas são quedas, queimaduras, pancadas e outros acidentes que precisam ser observados com atenção para identificar possíveis dores, fraturas, incapacidade de movimentos e deformidades.

Quanto às infecções, duas das mais incidentes na terceira idade podem levar a urgências de atendimento, e são elas as infecções pulmonares e as infecções do trato urinário.

Sua empresa distribuidora de seringas e agulhas deve saber que por isso o cuidador sempre monitora a febre, a tosse, as secreções e as queixas do paciente.

No caso de pacientes com doenças cardiovasculares, como arritmias, insuficiência cardíaca ou síndromes coronarianas, o cuidador deve estar preparado para identificar os primeiros sintomas de suspeita de infarto, tais como:

  • Dores no peito;
  • Confusão mental;
  • Sudorese;
  • Cansaço excessivo;
  • Enjoos;
  • Vômitos.

Já em casos de pacientes com complicações neurológicas, uma das formas de evitar ataques isquêmicos, delírios, convulsões, acidentes vasculares cerebrais (AVC) e outras complicações é estar atento para as elevações de pressão.

A cuidadora de idosos deve ter o hábito de verificar a pressão do paciente, constatando possíveis elevações preocupantes.

Preparo do cuidador de idosos para emergências

Muitas famílias se preocupam se o cuidador de idosos contratado realmente está preparado para agir com inteligência, cautela e rapidez ao se deparar com emergências.

É importante que o cuidador tenha conhecimentos específicos e experiências que o tornem uma pessoa apta para exercer uma função tão delicada.

Ao avaliar sua capacitação, fique atento a esses pontos que não devem nunca ser negligenciados.

Em situações de emergência, a cuidadora deve manter a calma e demonstrar tranquilidade para o idoso, acionar os serviços de atendimento emergência como o SAMU, descrever com objetividade o que está acontecendo com a pessoa assistida.

Também é preciso ser claro e incisivo para que a equipe médica atenda a emergência com a prioridade necessária, manter os dados essenciais à mão, como endereço, documentos e telefones dos familiares responsáveis.

Deve ainda entregar para a equipe médica a lista de medicamentos ou demais recomendações quanto às demandas específicas do paciente e contatar a família explicando com clareza a situação.

Sua empresa de coleta de medicamentos vencidos deve saber que a prioridade desse profissional é manter o conforto, a segurança e a integridade do paciente.

Certamente, ao contar com um embasamento técnico, é muito mais fácil assegurar que essas premissas sejam respeitadas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Posts Relacionados

pessoa lavando as mãos

Todos os direitos das Empregadas domésticas

  Saber quais são todo os direitos das empregadas domésticas é fundamental antes de realizar uma contratação, isso porque, muitas vezes a sua necessidade não

Oprah Winfrey

7 mulheres empreendedoras e o que aprendemos com elas

Há séculos mulheres empreendedoras inspiram outras gerações com suas histórias de superação, conquistas e lições de vida. Muitas tiveram que lidar intensamente contra as adversidades

infantil

Cuidado infantil: Como se preparar para emergências

Preparar-se para emergências durante o cuidado infantil é uma responsabilidade crucial para pais, cuidadores e profissionais da área da saúde.  Diante da imprevisibilidade dos incidentes