COVID-19: Mantendo a saúde mental em tempos de isolamento

Índice

Mulher fazendo cara de feliz!

 

A pandemia causada pelo novo coronavírus colocou boa parte do mundo em quarentena. O isolamento social, além de prejudicar diretamente a economia, também é muito prejudicial à saúde mental de todas as pessoas.

Uma doença causada por um vírus invisível e que, até o momento, ainda não foi controlado, tem o poder de mexer com os nossos níveis de ansiedade, stress e depressão.

Afinal, o isolamento pode gerar aflição por diversos motivos, seja o medo de contrair a doença, a empresária que não quer demitir os funcionários, mas não sabe como pagará as contas no final do mês, a autônoma que, se não trabalha, não recebe, ou até mesmo a senhorinha que perdeu as suas visitas e agora tem que passar a maior parte do tempo sozinha.

Antes mesmo de o mundo ser atingido pelo coronavírus, o Brasil já era considerado o país com o maior número de pessoas ansiosas. Com o isolamento social, esse cenário pode se agravar ainda mais.

O momento que estamos vivendo demanda ainda mais cuidados, não só com o nosso corpo, mas também com a nossa mente. Pois, a ansiedade e o estresse fragilizam o nosso sistema imunológico e debilitam a nossa saúde mental.

Por isso, escrevemos esse artigo, com algumas dicas simples que podem ajudar muito a manter a saúde mental em tempos de isolamento.

Como manter a saúde mental em tempos de isolamento

 

Toda esta situação de pandemia e isolamento faz com que nos sintamos inseguros, angustiados e impacientes. O que está ao nosso alcance neste momento é buscar amenizar todos estes sintomas e manter uma vida o mais saudável possível.

Isso pode ser um verdadeiro desafio para a maioria das pessoas. No entanto, algumas medidas simples podem fazer toda a diferença na sua vida e na de sua família.

Em primeiro lugar, ter consciência de que esta é uma situação temporária e evitar se sobrecarregar com informações é um excelente começo. Você também precisa aprender a respeitar o seu novo ritmo e não se cobrar em demasia neste momento.

Para que você consiga lidar melhor com toda essa mudança em sua vida, selecionamos algumas dicas da Organização Mundial de Saúde (OMS) e de especialistas para preservar a sua saúde mental em tempos de isolamento.

Mantenha o contato social

O convívio social é fundamental na vida dos seres humanos e impacta diretamente em como nos sentimos. Por isso, manter o contato com os familiares, amigos e colegas de trabalho agora é tão importante.

Como a regra mais importante é evitar o contato físico com as demais pessoas, use e abuse das tecnologias digitais. Use as redes sociais para manter contato com familiares e amigos distantes.

As ligações, áudios e videochamadas ajudam a amenizar o impacto do isolamento social. Permita que as crianças conversem com os coleguinhas de escola e mantenham o contato com os familiares que não podem estar próximos.

A tecnologia também pode ser usada para encontrar filmes, livros, cursos e jogos gratuitos, tanto para você quanto para os pequenos.

Mantenha uma alimentação equilibrada e faça exercícios físicos

O isolamento é um ótimo momento para você cozinhar mais e manter uma alimentação equilibrada. Além disso, ingerir alimentos que aumentem a nossa imunidade é fundamental.

Se você mantiver uma alimentação rica em açúcares e gorduras, terá menos disposição e concentração, facilitando crises de ansiedade e estresse. Use seu tempo livre para testar novas receitas saudáveis e peça ajuda das crianças.

Vocês ocuparão o tempo se divertindo e cuidando da saúde. As atividades físicas também não devem ser deixadas de lado. Além de ajudarem na prevenção de diversas doenças e fortalecimento do nosso sistema imunológico, os exercícios físicos dão uma enorme sensação de bem-estar à nossa mente, controlando a ansiedade e o estresse.

Planeje uma rotina de exercícios que possam ser feitos dentro de casa mesmo. Correr com as crianças no pátio de casa também está valendo!

Incentive os seus filhos a se expressarem

Você pode achar que os seus filhos pequenos ainda não entendem bem a situação que estamos vivenciando e que estão adorando ficar afastados das aulas e da escola. Mas elas podem estar apenas não sabendo como expressar o seu medo e a sua tristeza.

Por isso, é muito importante ficar atenta às suas reações e comportamentos. Converse com eles e explique a situação atual de forma clara e apropriada para as suas idades.

Atividades criativas como desenho também podem facilitar a sua compreensão de como eles estão se sentindo, pois as crianças se sentem mais tranquilas em se comunicarem em um ambiente acolhedor e seguro.

Mantenha atenção especial com os idosos da família

Os idosos são uma das partes da população que mais sofrem com o isolamento social. Muitos deles moram sozinhos e com a quarentena estão impedidos de receberem visitas.

Além disso, não podem dar as suas voltas e nem visitar os familiares e amigos. Toda essa situação pode deixá-los mais ansiosos e agitados. Por isso, se você tem idosos em casa ou na família, ofereça apoio emocional.

Se não mora com você, faça ligações e chamadas de vídeo para saber como estão e compartilhar momentos simples do dia a dia. Deixe que as crianças conversem com eles.

Se você tem algum parente idoso morando com você, peça ajuda na cozinha, no jardim, olhe fotos antigas e jogue jogos de tabuleiro ou outros que eles gostem. Ensine-os a fazer videochamadas para conversar com os seus amigos.

Evite ler ou ouvir notícias o tempo todo

Durante a pandemia é fundamental manter-se informado para saber as melhores formas de proteger a si mesma e a sua família. O excesso de informações, no entanto, pode gerar ansiedade e preocupação excessiva.

Além disso, fake news e informações pouco confiáveis estão distribuídas na internet aos montes. Por isso, evite ler ou ouvir notícias o tempo todo. Escolha períodos do dia e fontes confiáveis para ter informações sobre a situação atual e utilize o resto do dia com atividades prazerosas que vão te fazer bem.

Assim, evitará a sensação de angústia e medo causadas por ficar ouvindo o tempo todo informações sobre o coronavírus.

Use o tempo livre para praticar atividades prazerosas

A pandemia do coronavírus e sua quarentena são uma situação bastante estressante. Por isso, use o período em que estiver em isolamento para fazer atividades que você gosta.

Veja filmes e séries, leia seus livros favoritos, faça brincadeiras divertidas com as crianças, ouça músicas relaxantes, aprenda a meditar. Para as crianças, estimule as atividades lúdicas, como brincadeiras educativas e jogos de videogame.

Na internet há muito conteúdo gratuito de qualidade e esse é um bom momento para aprender algo novo!

Essas e outras atividades auxiliam no relaxamento. É muito importante tirar algumas horinhas no dia para fazer atividades prazerosas e se desligar um pouco.

Sabemos que é muito difícil conseguir relaxar em um momento como o que estamos vivendo. Mas essas pequenas medidas podem ajudar bastante você e sua família.

Se mesmo assim você se sentir ansiosa, não hesite em buscar ajuda! Ligue para um amigo, ou busque ajuda profissional! A saúde mental é fundamental para enfrentar esse período.

Também recomendamos a leitura do post de nosso blog “Como manter a saúde durante a quarentena?”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Crianças dando a mão

Categorias

Posts Recentes

Compartilhe em suas Mídias Sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Tags

Posts Relacionados

empresa limpeza

Empresa de limpeza

Se você está buscando informações de como contratar uma empresa de limpeza, esse texto pode te ajudar. Reunimos tudo que você precisa saber sobre a