img-famyle-logo-cor-horizontal
baby sitter

Quais as principais funções de uma baby sitter?

Índice

O trabalho de baby sitter possui uma grande relevância, principalmente nos dias atuais, uma vez que o mercado de trabalho exige cada vez mais do profissional.

Com a correria do dia a dia e com os imprevistos que ocorrem de vez em quando, é sempre bom ter alguém disponível para cuidar das crianças e garantir que você tenha um tempo maior para realizar as tarefas necessárias.

Além disso, você pode até mesmo optar por contratar os serviços de uma baby sitter para apenas tirar algum tempo para você mesmo e se divertir um pouco.

Entretanto, quais são as principais funções de uma baby sitter e como ela se difere de uma babá? Além disso, como é possível identificar se você realmente precisa dessa profissional? Continue lendo esse artigo e compreenda as principais funções de uma baby sitter.

Como identificar se preciso de uma babá ou baby sitter?

Você pode optar por contratar uma babá ou uma baby sitter por diferentes motivos, onde dentre eles, as situações de imprevisto podem acontecer.

A única certeza é que imprevistos acontecem e você precisa estar preparado para eles através de um contato de uma babá ou baby sitter de confiança para tomar conta dos seus filhos quando eles acontecerem.

Por exemplo, você pode trabalhar com manutenção e, de última hora, acontece um problema na máquina de gravação a laser e você é responsável por resolvê-lo, sendo obrigado a ficar no trabalho até mais tarde.

Nesse caso, possuir um contato de emergência pode ajudar significativamente, uma vez que você não estará disponível por algumas horas a mais do que o esperado.

Além disso, existe a contratação de uma babá ou baby sitter que já é previamente agendado com a profissional.

Isso acontece porque você pode querer uma noite de folga com o seu parceiro, ou então precisa ir a uma confraternização com seus colegas de trabalho na empresa em que atua realizando o tratamento acústico, por exemplo, entre outros motivos.

Nesse caso, é possível realizar um agendamento previamente combinado com a profissional e participar do seu compromisso com tranquilidade.

São muitos os motivos que podem levar uma pessoa a precisar dos serviços de uma profissional para cuidar das crianças.

Entretanto, as famílias que possuem poucos filhos, gostam de viajar de vez em quando e optam pelo cuidado através de familiares que estão mais próximos a ela, podem preferir a contratação de uma baby sitter de vez em quando.

Já as famílias que possuem uma quantidade maior de integrantes e que os pais trabalham por um longo período fora de casa, todos os dias e em um horário rígido, podem preferir a contratação de uma babá profissional.

Isso acontece porque ambas as profissionais possuem algumas diferenças em sua forma de atuação, sendo de responsabilidade da família contratar a que melhor se adequa ao seu estilo de vida e situação.

Entretanto, quais são as diferenças entre uma babá e uma baby sitter?

Qual é a diferença de formação entre babá e baby sitter?

As babás e as baby sitters possuem diferenças em suas formas de atuação e, por esse motivo, a sua formação também pode possuir algumas diferenças.

As baby sitters não possuem um vínculo empregatício e também não têm uma mobilidade de horário, uma vez que não atendem de forma frequente como as babás, ou seja, elas oferecem os seus serviços de acordo com a demanda que é oferecida a elas.

Por exemplo, se existe algum imprevisto na fábrica de abraçadeira de nylon em que a mãe trabalha, a baby sitter pode ser chamada para atender por algumas horas enquanto os pais estão ocupados.

Já as babás trabalham de forma mais frequente, possuindo muitas vezes uma maior carga horária e atendendo a família de maneira constante. Por esse motivo, uma ótima babá pode adquirir sua formação em educação, saúde, cuidados higiênicos e pedagogia.

Essa formação pode ser conquistada através de cursos, palestras ou até mesmo através de experiências anteriores com outras famílias.

Por possuírem um papel significativo na vida das crianças, suprindo muitas vezes a lacuna dos pais que podem precisar estar muitas vezes ausentes e distantes, as babás precisam estar preparadas para fornecer o suporte, estrutura e papel afetivo às crianças.

Por exemplo, a mãe pode possuir um horário rígido em seu trabalho, atuando das oito horas da manhã até às cinco horas da tarde, de segunda a sexta, em uma empresa de sacolinha de TNT, enquanto o pai trabalha durante os mesmos dias e horários em uma agência de marketing.

Nesse caso, existe uma lacuna em quase todos os dias da semana que precisam ser preenchidos e a babá profissional pode ajudar nisso. Já a baby sitter não precisa possuir uma formação específica, por trabalharem em períodos e frequência bem menores, suprindo apenas uma necessidade momentânea.

Por exemplo, uma baby sitter pode fazer um curso relacionado à aromatização e cuidar dos seus filhos com perfeição, sem problemas.

Todavia, tanto a babá quanto a baby sitter precisam ter experiências anteriores com crianças, comprovando assim a responsabilidade e o compromisso com os seus filhos.

Além disso, a pessoa responsável por cuidar do seu filho precisa, além da formação ou experiência, algumas habilidades interpessoais, como:

  • Gostar de crianças;
  • Escuta ativa;
  • Paciência;
  • Dedicação;
  • Responsabilidade.

Essas são apenas algumas das habilidades interpessoais que uma babá ou uma baby sitter precisam possuir para realizarem o seu trabalho da melhor maneira possível.

Quais são as responsabilidades de cada uma?

As babás, como já mencionado, possuem um papel mais presente na vida das crianças, uma vez que os pais muitas vezes estão ocupados trabalhando com empresas de uniformes profissionais ou outras atividades.

Por esse motivo, a babá profissional possui uma responsabilidade maior, tanto com a criança quanto com a casa, onde ela é responsável por fazer o dever de casa com a criança, controlar os remédios que o pequeno deve tomar e cuidar da higiene e da saúde dele.

Além disso, a babá deve reservar algum tempo para brincar com a criança, fingindo que são espiões que têm uma câmera de monitoramento ou outras brincadeiras, assim como passear com ele em parques e playgrounds.

Elas também podem ser responsáveis por levar o pequeno para a escolinha ou para as atividades extracurriculares que ele frequenta, como aulas de natação ou um curso de instrumentos musicais, por exemplo.

Por mais que as tarefas domésticas sejam voltadas mais para a responsabilidade da funcionária do lar ou para os pais, a babá pode realizar algumas funções como cozinhar para a criança, cuidar da higiene de suas roupas e da organização dos brinquedos.

Entretanto, as suas funções são mais voltadas para a criança e para os afazeres da casa que giram em torno dela, sendo estes previamente acordados com os pais contratantes.

Já a baby sitter, por passar um menor tempo com a criança e com uma menor frequência, possui menores responsabilidades, desempenhando o seu papel segunda a rotina e as necessidades do pequeno.

A baby sitter possui a função exclusivamente de brincar com a criança e a entreter enquanto os pais estão fora em uma conferência sobre vacuum forming SP, por exemplo, sendo uma conferência de última hora que precisa participar em São Paulo.

Entretanto, a profissional também precisa fornecer o suporte emocional necessário e ajudar em algumas tarefas relacionadas à criança, como escovar os dentes do pequeno, fazer as refeições nos horários, entre outras atividades.

Como funciona a rotina e demanda de uma baby sitter?

A babá possui uma rotina com a família, atuando normalmente em horário comercial, enquanto os pais também estão trabalhando, diariamente, de segunda a sexta, auxiliando nos afazeres domésticos que são relacionados ao bebê ou à criança.

Ela também deve cuidar e brincar com os pequenos, na casa da família, onde entra e sai em um mesmo horário diariamente.

A babá, por possuir uma rotina de trabalho, possui alguns benefícios que são assegurados pela família e a carteira assinada.

Já a baby sitter funciona de acordo com a demanda da família e, por isso, pode acabar trabalhando em horários diferentes, inclusive em períodos fora do horário comercial.

Além disso, o pagamento é efetuado por serviço, sendo realizado após cada trabalho, segundo um acordo previamente feito por ambas as partes.

A baby sitter não possui um vínculo trabalhista com a família e pode realizar o seu trabalho por rotatividade, alterando os horários e atendendo a diferentes famílias.

Ambas as profissões, tanto o trabalho de babá quanto o de baby sitter, são muito importantes, sendo uma alternativa para muitas famílias que necessitam dos seus cuidados em casos de imprevistos ou compromissos que não podem ser adiados.

Por esse motivo, é muito importante possuir um contato dessa profissional como plano b ou até mesmo contratar os seus serviços ao precisar que alguém cuide dos seus filhos enquanto está no trabalho.

As funções dessas profissionais são fundamentais para manter a segurança e bem-estar da família da melhor forma possível.

Quer contratar uma babá ?

Você quer contratar uma babá  e não sabe por onde começar? Não se preocupe. O Famyle está aqui para te ajudar em tudo o que precisar e garantir que você encontre alguém que encaixe perfeitamente com suas necessidades! Crie uma vaga agora, corre baixar nosso aplicativo e deixe que a gente cuide de você e de sua família! 

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Categorias

Posts Recentes

Compartilhe em suas Mídias Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on reddit
Share on whatsapp

Tags

Posts Relacionados