logo-blog
Search
cuidador de idosos especializado

Preciso de um cuidador para o final de semana, onde encontrar?

Índice

Conforme envelhecemos, passamos a ter diferentes tipos de necessidades. Em muitos casos, perdemos autonomia e precisamos de ajuda para realizar tarefas simples. É nesse cenário que entra o cuidador para o final de semana.

Com cargas de trabalho exigentes e compromissos pessoais para atender, os familiares não podem dispor de todo o tempo necessário para cuidar dos idosos da família. Contratar uma pessoa para essa função torna-se uma possibilidade.

A principal vantagem de ter um profissional é poder contar com toda a sua expertise para lidar com situações e equipamentos, como uma ducha higiênica para banheiro, nas quais os familiares não estão acostumados ou não podem, por lei, resolver.

A busca por casas de repouso não é mais uma prioridade de muitas famílias quando se trata dos cuidados com os idosos. Isso porque, ficar em casa, próximo aos entes queridos e podendo manter a rotina habitual é uma alternativa muito mais confortável para eles.

Em muitos casos, contratar um profissional é, também, uma opção mais econômica, principalmente para famílias que só precisam de suporte aos finais de semana.

Uma avaliação das necessidades reais é fundamental para tomar uma decisão segura e que cumpra com as expectativas.

Dessa forma, entenda mais sobre o trabalho do cuidador de idosos folguista, quais profissionais exercem essa função e como escolher corretamente a pessoa que auxiliará a sua família.

Quem é o cuidador de idosos folguista?

Um cuidador de idosos particular é uma pessoa responsável por prestar cuidados a uma pessoa idosa, geralmente em sua própria residência. 

O objetivo principal do cuidador é ajudar o idoso a manter sua independência e qualidade de vida, bem como garantir sua segurança e bem-estar.

Um cuidador folguista é uma pessoa que trabalha em períodos de folga ou no tempo livre, ao invés de ser um trabalhador em tempo integral. Eles geralmente são contratados por curtos períodos de tempo para ajudar com tarefas diárias.

É preciso ter atenção aos cuidados que cada idoso exige, pois algumas atribuições, como o descarte de lixo hospitalar derivado da administração de medicamentos, não são cabíveis ao cuidador, de um modo geral.

O cuidador de idosos folguista oferece suporte em momentos específicos, com carga horária a ser combinada, de acordo com as necessidades da família, desde que esteja dentro das leis trabalhistas.

Como é o trabalho do cuidador?

Um cuidador de idosos particular é responsável por prestar cuidados e assistência a uma pessoa idosa. Assim como uma rampa de acessibilidade, esse profissional ajuda a manter a autonomia do idoso, ao mesmo tempo em que está disponível para assistí-lo.

O cuidador realiza tarefas como auxiliar o idoso com tarefas como tomar banho, vestir-se, comer e usar o banheiro, ajudar com condições médicas, como a administração de medicamentos e o monitoramento dos sinais vitais.

A pessoa responsável pelos cuidados pode ser encarregada de acompanhar o idoso a consultas e compromissos, bem como proporcionar companhia, prevenindo a solidão e melhorando a saúde mental.

Em alguns casos, tarefas domésticas, como cozinhar, limpar e fazer compras também podem estar incluídas na lista de afazeres do cuidador.

O papel de um cuidador de idosos é importante porque ajuda a garantir que o idoso receba os cuidados e a atenção necessários para manter sua saúde e bem-estar.

Eles são uma parte fundamental da equipe de cuidados de saúde de uma pessoa idosa e trabalham em estreita colaboração com outros profissionais de saúde, como médicos e enfermeiros.

Qual o perfil de quem trabalha como cuidador?

O profissional que trabalha com cuidados com idosos pode ter algumas características importantes, como paciência, delicadeza, senso de urgência, atenção, entre outras.

Já os perfis de atuação podem ser variados, uma vez que não existe uma única formação para quem quer prestar esse tipo de serviço.

Em casas de auxílio, muitos voluntários podem se dispor para dar assistência aos moradores, sem remuneração. Porém, esse não é o perfil adequado para quem busca um profissional para assistência domiciliar. Confira os tipos de profissionais que costumam exercer essa função.

Profissional de saúde

Enfermeiros, técnicos em saúde ou outros profissionais da saúde com treinamento e experiência em cuidados a idosos podem oferecer um serviço especializado e mais abrangente.

Além das tarefas diárias e acompanhamento a exames, como o doppler transcraniano, os profissionais da saúde têm permissão para administrar medicamentos intravenosos, o que outros cuidadores não podem fazer.

Para idosos mais debilitados e que demandam maior atenção com condições médicas, esse pode ser o perfil ideal. Contudo, tarefas domésticas não estão incluídas nas atribuições do profissional da saúde.

Cuidador especializado

Os cuidadores especializados são a opção mais indicada para famílias que buscam auxílio em períodos específicos, como aos finais de semana ou algumas horas do dia.

A única atividade que não pode ser realizada por eles é a aplicação de remédios injetáveis, que só é permitido por lei aos profissionais da saúde.

Assim, o cuidador folguista pode cobrir a maior parte das necessidades do idoso, ajudando a família a manter a rotina sem negligenciar os membros de idade mais avançada.

Os cuidadores folguistas também podem prestar serviços pontuais, como fazer companhia ao idoso para que os parentes possam fazer um tratamento em uma clínica de RPG, por exemplo. 

Auxiliar doméstico

Em diversas situações, os trabalhadores domésticos também podem ajudar a cuidar do idoso. Embora isso deva ser previamente combinado e estipulado em contrato.

Pessoas idosas que não requerem atenção especial são as mais indicadas para esse perfil profissional, pois apenas a companhia e o auxílio pontual serão requeridos.

Entretanto, assim como no caso dos cuidadores especializados, esses profissionais não estão habilitados a manusear agulhas hospitalares e medicações injetáveis.

Por conta da carga horária, em casos de necessidade aos finais de semana, os trabalhadores domésticos também não podem ser acionados, não sendo, então, a melhor alternativa para quem precisa de auxílio nesse período. 

Preciso de cuidador. Como contratar?

Antes de contratar uma pessoa para dar suporte à família, é preciso identificar as necessidades e direcioná-las de acordo com as responsabilidades de cada tipo de profissional.

Uma entrevista pode ajudar a escolher a pessoa certa baseada nas características de personalidade e é importante ser claro com o profissional a respeito da personalidade do idoso também.

De modo geral, não é solicitado que cuidadores usem uniformes profissionais, principalmente no caso de folguistas. Qualquer tipo de restrição deve ser acordada antes da contratação e favorável para ambas as partes.

Cuidador folguista

A carga horária de um cuidador para o final de semana ou folguista, pode variar dependendo de sua disponibilidade e das necessidades do idoso que está sendo cuidado. 

Alguns cuidadores de idosos folguistas trabalham apenas algumas horas por dia, enquanto outros podem exercer suas funções por alguns dias seguidos.

Também é possível que um cuidador de idosos folguista trabalhe por períodos mais longos. A carga horária é geralmente acordada entre o cuidador e o contratante antes de começar o trabalho.

São indicados para suprir demandas pontuais ou horários em que os parentes não podem estar à disposição do idoso, mas não para cuidados extensos, como uma dama de companhia.

Cuidador para os fins de semana

Um cuidador para o final de semana trabalha geralmente aos sábados e domingos, fornecendo cuidados aos idosos durante esse período. Eles podem ser contratados por familiares ou por agências de cuidados domiciliares.

Eles também podem ajudar com atividades recreativas e de lazer, como caminhadas ou jogos e garantir a segurança e o bem-estar do idoso durante o fim de semana.

Pessoas que trabalham em uma fábrica de perfil de silicone e precisam de um dia de descanso aos finais de semana, ou que devem atender algum outro compromisso, podem contar com esses profissionais para prestar assistência aos parentes mais velhos.

Tipos de contrato

O cuidador de idosos pode trabalhar tanto como freelancer, sob inscrição de microempreendedor individual (MEI), ou com carteira assinada (CLT).

Idealmente, o folguista MEI deve atender à família por até dois dias na semana. A partir do terceiro dia, a PEC das Domésticas (Proposta de Emenda à Constituição 66/2012, acrescida da Lei Complementar 150/2015) prevê uma relação de trabalho efetiva.

Nesse caso, o profissional passa a ter os mesmos direitos dos trabalhadores com carteira assinada, como férias e 13º salário. No caso dos profissionais CLT, há algumas especificações mínimas para o serviço, como:

  • Jornada de trabalho no modelo 12×36 ou;
  • Jornada de trabalho de oito horas diárias (44 horas semanais);
  • Folha de ponto com detalhamento de horas extras e adicionais;
  • Férias remuneradas após 12 meses de trabalho ou;
  • Férias proporcionais no caso de rescisão antes de 12 meses;
  • Seguro-desemprego;
  • Salário mínimo;
  • Domingos e feriados ou uma folga remunerada na semana;
  • Vale-transporte e refeição;
  • Licença maternidade ou paternidade;
  • Aviso prévio no caso de demissão;
  • Contratação mediante assinatura da carteira de trabalho.

O tipo de contrato, bem como a formação profissional do cuidador, deve ser avaliado, considerando as particularidades de cada caso. 

Como fazer uma escolha segura?

Antes de contratar um cuidador, certifique-se de verificar seu histórico de trabalho. Confira os antecedentes criminais e as referências do profissional e garanta que ele realmente possui as habilidades apresentadas.

Em entrevista, é possível avaliar se a personalidade e expectativas do profissional são condizentes com as da família. Com os cuidados adequados, escolher um bom cuidador é uma tarefa simples e poderá ajudar em momentos de necessidade.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Posts Relacionados

pessoa lavando as mãos

Todos os direitos das Empregadas domésticas

  Saber quais são todo os direitos das empregadas domésticas é fundamental antes de realizar uma contratação, isso porque, muitas vezes a sua necessidade não

Oprah Winfrey

7 mulheres empreendedoras e o que aprendemos com elas

Há séculos mulheres empreendedoras inspiram outras gerações com suas histórias de superação, conquistas e lições de vida. Muitas tiveram que lidar intensamente contra as adversidades

personal organizer

5 Sinais de Que Você Precisa de um Personal Organizer

Um personal organizer pode ser a solução perfeita para quem deseja transformar espaços desorganizados em ambientes funcionais e agradáveis.  Se você constantemente se sente sobrecarregado