logo-blog
Search
empregada doméstica por hora

Posso contratar empregada doméstica por hora?

Índice

Sempre que pensamos em contratar uma empregada doméstica muitas dúvidas surgem pois a legislação Brasileira é muito complexa.

Neste artigo reunimos tudo que você precisa saber, quando for contratar uma empregada doméstica por hora.

Leia com atenção e se ficar com alguma dúvida consulte nosso blog na secção Empregadas Domésticas.

Quem são as empregadas domésticas no Brasil em 2022? 

O Brasil, um vasto país sul-americano, estende-se da Bacia Amazônica, no norte, até os vinhedos e as gigantescas Cataratas do Iguaçu, no sul. O Rio de Janeiro, simbolizado pela sua estátua de 38 metros de altura do Cristo Redentor, situada no topo do Corcovado, é famoso pelas movimentadas praias de Copacabana e Ipanema, bem como pelo imenso e animado Carnaval, com desfiles de carros alegóricos, fantasias extravagantes e samba. 

No Brasil, país que mais tem trabalhadoras domésticas no mundo, elas são cerca de 6,2 milhões de pessoas, sendo que 92% são mulheres e, entre elas, 68% são negras, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar (PNAD) de 2018, do IBGE.

Como funciona a nova lei da empregada doméstica?

A Lei da Doméstica (Lei Complementar 150/2015) estabelece que a jornada semanal da doméstica não pode ultrapassar 44 horas, sendo 8 horas de trabalho por dia, com intervalo de 30 minutos até 2 horas para almoço.

Para jornadas diárias acima de 6 horas, é garantido à trabalhadora o intervalo de 1 hora para alimentação e repouso. Se houver acordo entre as partes, o período pode ser reduzido para 30 minutos.

Quanto custa uma empregada doméstica com carteira assinada em 2022?

De forma simples e resumida o valor pago para uma empregada doméstica é de R $1.616,00. Com relação à remuneração das férias, é importante saber que também incidem os encargos trabalhistas como FGTS e INSS.

Horas trabalhadas e a Reforma Trabalhista

É praticamente conhecimento geral que o limite de horas trabalhadas expresso na constituição são de oito horas diárias ou 44 horas semanais.

Contudo, após a Reforma Trabalhista sancionada pelo então presidente Temer, o trabalhador pode estar sujeito a jornadas de trabalho de até 12 horas.

Vale deixar claro que isso não altera o que está na Constituição Federal, os limites semanais e mensais (220 horas) continuam os mesmos.

O empregador também não pode mudar a jornada de uma hora para outra. Para aderir à nova regra é necessário firmar acordo individual com o trabalhador ou com o sindicato.

Depois disso, o trabalhador deverá desempenhar suas atividades de forma muito semelhante aos plantões de profissionais da saúde, o chamado 12×36: ele trabalha por 12 horas e descansa por 36 horas.

Vale ressaltar que nem todos os segmentos podem adotar esse tipo de jornada de trabalho.

Modelos de contratação por hora

O modelo de contratação por hora é bastante comum fora do Brasil. Apesar de não ser o modelo mais comum por aqui, também é uma possibilidade e está ganhando certa popularidade.

A mudança também foi introduzida pela Reforma Trabalhista, como descrito no trecho abaixo:

O contrato de trabalho intermitente deve ser celebrado por escrito e deve conter especificamente o valor da hora de trabalho, que não pode ser inferior ao valor horário do salário mínimo ou àquele devido aos demais empregados do estabelecimento que exerçam a mesma função em contrato intermitente ou não. ,

O texto da Lei explica muito sobre os direitos do trabalhador sob regime intermitente, contudo, existem algumas diferenças primordiais entre o regime de salário e o trabalho intermitente, como:

Não ter direito ao seguro-desemprego; FGTS, 13° salário, aviso-prévio, verbas rescisórias e férias são proporcionais ao tempo trabalhado.

Resumidamente, as novas formas de trabalho instituídas pela Reforma foram:

– jornada parcial;

– jornada 12×36;

– trabalho intermitente;

– teletrabalho ou home office.

Como calcular o salário da trabalhadora na jornada parcial doméstica?

O cálculo é bastante simples: basta pegar o valor que você pagaria à trabalhadora em jornada comum e fazer as operações.

Entenda melhor:

Vamos tomar como exemplo uma trabalhadora que receberia um salário mínimo, mas que será contratada em jornada parcial doméstica de 25 horas semanais com 5 horas diárias de segunda a sexta.

Dividir o salário mínimo (R$ 1.100,00, nesse exemplo) pelo número de horas mensais da jornada comum (220h), e teremos o valor de R$ 5 por hora;

Calcular o DSR, que nesse caso é de 5h;

Pegar o valor total de horas semanais (25 da jornada + 5 do DSR [30]) e multiplicar por 5 para termos o valor de horas mensais, que, nesse caso, é 150h;

Multiplicar o valor da hora, que descobrimos no passo 1, pelo número de horas mensais totais;

Nesse caso, teríamos 150 x 5 = R$ 750. E esse seria o valor devido à empregada doméstica contratada nessas circunstâncias.

Sobre qual valor eu devo calcular o valor das horas?

Agora que você já sabe calcular a jornada parcial doméstica, precisa saber sobre qual valor fazer o cálculo, já que nem sempre é sobre o salário mínimo nacional.

Isso porque muitos estados estabelecem o mínimo estadual, que prevalece sobre o mínimo nacional (porque o mínimo nacional é lei geral, e o estadual é lei específica).

Todos os anos esses pisos são atualizados, porque são calculados conforme percentuais como o da inflação.

Sempre que a atualização ocorrer, o empregador deve fazer o reajuste, para que mantenha a empregada doméstica regularizada.

Quer contratar uma empregada doméstica?

Você quer contratar uma empregada doméstica e não sabe por onde começar? Não se preocupe. O Famyle está aqui para te ajudar em tudo o que precisar e garantir que você encontre alguém que encaixe perfeitamente com suas necessidades! Crie uma vaga agora, corre baixar nosso aplicativo e deixe que a gente cuide de você e de sua família! 

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe!

Posts Relacionados

pessoa lavando as mãos

Todos os direitos das Empregadas domésticas

  Saber quais são todo os direitos das empregadas domésticas é fundamental antes de realizar uma contratação, isso porque, muitas vezes a sua necessidade não

Oprah Winfrey

7 mulheres empreendedoras e o que aprendemos com elas

Há séculos mulheres empreendedoras inspiram outras gerações com suas histórias de superação, conquistas e lições de vida. Muitas tiveram que lidar intensamente contra as adversidades

copeira

Copeira em Ambientes Corporativos

A presença de uma copeira em ambientes corporativos desempenha um papel fundamental na manutenção do bem-estar e na eficiência das operações diárias.  Mais do que

personal organizer

Personal Organizer: Como se Tornar uma?

Se tornar um personal organizer pode ser uma jornada emocionante e gratificante para quem tem paixão por organização e deseja ajudar os outros a melhorar