logo-blog
Search
empregada domestica

Empregada doméstica durante a viagem

Índice

A empregada doméstica que planeja viajar em período de férias e festas de fim de ano e precisam acompanhar o trabalhador devem entender como funciona a viagem extra para empregadas domésticas. 

Não só a faxineira, mas também outros tipos de empregadas domésticas, como babás, motoristas, enfermeiras geriátricas e outras categorias de trabalhadores domésticos podem acompanhar seus contratantes em suas viagens para apoiá-lo no cotidiano familiar. 

Antes disso, o empregador pode ficar tranquilo quanto à questão jurídica, pois a Lei Complementar 150/2015 autoriza o empregado doméstico a acompanhar a família em viagens e passeios. 

No entanto, a Lei da Empregada Doméstica também garante outros direitos que se adaptam à realidade dessas atividades, como o adicional de auxílio-transporte para empregada doméstica. Vamos ver como isso funciona?

Contrate empregada doméstica qualificada perto de sua casa

Posso levar minha empregada doméstica na viagem?

Antes de mais nada, o contratante deve perguntar a sua empregada doméstica se ela está disposta a viajar com ele e sua família. Não existe nenhuma lei que obrigue os trabalhadores domésticos a acompanharem o seu empregador durante as viagens, por isso essa escolha deve ser feita pela profissional.

Além disso, o empregador deve estar ciente de que pagará mais pela hora trabalhada durante a viagem. Diferente da carga horária normal, as horas trabalhadas durante a viagem devem ser pagas com o adicional de viagem, que aumenta em 25% o valor da hora normal. 

É importante lembrar que essa questão da viagem deve constar no contrato de trabalho devidamente firmado entre as partes, e em caso de incluir esse serviço após a contratação, o contrato deve ser reescrito com essa nova condição e assinado por ambas as partes.

Contrate empregada doméstica qualificada perto de sua casa

O custo adicional de viagens da empregada doméstica pode se tornar banco de horas?

O patrão pode converter o valor extra em banco de horas e compensar o valor em tempo de folga para ser usado a critério do funcionário. Portanto, o empregador deve registrar o ponto do empregado de forma adequada, com ferramentas como:

  • livro de ponto
  • ponto eletrônico
  • ponto online

Quais as condições de trabalho que devem ser consideradas durante a viagem com a Empregada Doméstica?

Os principais direitos que devem ser garantidos pelo empregador à sua empregada doméstica são adicional noturno, pagamento de horas extras e intervalo de descanso e refeições.

Além disso, a carga horária deve ser respeitada, com limite de 8 horas diárias de trabalho, excedendo no máximo 2 horas que deverão ser pagas como horas extras. Por isso é importante organizar a rotina de trabalho de sua empregada doméstica, garantindo assim que as necessidades sejam atendidas durante a jornada de trabalho.

O pagamento do adicional de viagem deve seguir o salário base, sendo calculado a partir do salário registrado na carteira de trabalho e especificado no contrato. Como dito anteriormente, o adicional é de 25% a mais calculado pelo período de dias da viagem. As horas extras ou horas extraordinárias podem variar em até 50% a mais da hora normal. 

Todo o pagamento, período de viagem e horas extras devem ser especificados na folha de pagamento.

Contrate empregada doméstica qualificada perto de sua casa

Quais são os outros gastos que devo assumir quando levar a empregada doméstica na viagem da família?

A empregada que aceitar participar da viagem em família não poderá arcar com nenhum custo da viagem. O empregador deve arcar principalmente com os custos usuais durante a viagem, como: 

  • Passagem
  • Hospedagem
  • Alimentação

As despesas que se tem durante o tempo de viagem não podem ser descontadas da empregada. A legislação obriga o empregador a pagar todas as despesas da empregada doméstica enquanto ela está em atividade de trabalho.

Esta regra não se aplica a despesas pessoais, como compras pessoais e programas de excursões sem a presença da família. Isso significa que ela não pode reivindicar o reembolso desses custos.

Viagens para o exterior

O patrão que opta por levar sua empregada para o exterior tem que pagar alguns itens extras. Se a empregada não tiver passaporte, o empregador deverá pagar os impostos associados ao visto. Além disso, é responsabilidade do empregador pagar todas as taxas em lugares onde houver legislação de destino.

Termo de acompanhante de viagem da empregada doméstica

Após o empregado ter aceitado participar da viagem, o empregador deve preparar o termo de acompanhante da viagem. 

O documento é uma maneira de formalizar o que foi acordado pelas partes, por escrito. 

Deve indicar a hora da viagem, bem como o local, a forma de compensação e o período de duração da viagem e dias de trabalho da empregada durante esse período.

Controle de carga horária da empregada durante a viagem

O registro de horas durante a viagem também deve ser mantido normalmente, afinal, a funcionária cumpre sua função e é muito importante que o empregador continue realizando essa verificação e tenha registrado o período de trabalho da sua funcionária.

O cartão ou livro de ponto, ou até mesmo o ponto online, facilita o cálculo da remuneração da empregada que o acompanha nas viagens. Porque além do horário normal, também são registradas as horas extras ou noturnos que foram trabalhados na viagem. Ressalta-se que a cronometragem é dever do empregador e fazê-lo corretamente evitará possíveis multas e ações trabalhistas. 

Em resumo, é importante que sejam postas em prática as disposições legais sobre o acompanhamento do trabalhador em viagem. Isso garante a tranquilidade dos empregadores e os direitos dos trabalhadores domésticos.

Contrate empregada doméstica qualificada perto de sua casa

Como agir quando a funcionária doméstica não puder acompanhar o contratante na viagem?

É importante observar que em situações de viagem o funcionário não tem obrigação de participar da viagem. Isso significa que ambos devem concordar de antemão. Nas situações em que a empregada não puder acompanhar a viagem existem algumas alternativas que podem ser praticadas. 

Uma delas é dar férias ao funcionário. Portanto, se a empregada estiver com férias atrasadas, elas podem ser adequadas para o tempo de viagem do empregador, desde que ele avise com 30 dias de antecedência. No entanto, se o empregado não tiver direito a férias, não é possível o reajuste. 

Para isso temos a alternativa do banco de horas, que pode compensar os dias em que o funcionário estiver livre com outros dias necessários. Isso deve ser previamente acordado com o funcionário, documentado e assinado por ambos.

Outra opção é a licença remunerada, em que o empregado é dispensado do trabalho e não recebe nenhum desconto em sua remuneração. 

Portanto, não há descontos da remuneração do empregado seja na licença remunerada ou férias, pois são suspensões relacionadas ao empregador.

Contrate empregada doméstica qualificada perto de sua casa

Quer contratar uma empregada doméstica?

Você quer contratar uma empregada doméstica e não sabe por onde começar? Não se preocupe. O Famyle está aqui para te ajudar em tudo o que precisar e garantir que você encontre alguém que encaixe perfeitamente com suas necessidades! Crie uma vaga agora, corre baixar nosso aplicativo e deixe que a gente cuide de você e de sua família! 

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe!

Posts Relacionados

pessoa lavando as mãos

Todos os direitos das Empregadas domésticas

  Saber quais são todo os direitos das empregadas domésticas é fundamental antes de realizar uma contratação, isso porque, muitas vezes a sua necessidade não

Oprah Winfrey

7 mulheres empreendedoras e o que aprendemos com elas

Há séculos mulheres empreendedoras inspiram outras gerações com suas histórias de superação, conquistas e lições de vida. Muitas tiveram que lidar intensamente contra as adversidades

infantil

Cuidado infantil: Como se preparar para emergências

Preparar-se para emergências durante o cuidado infantil é uma responsabilidade crucial para pais, cuidadores e profissionais da área da saúde.  Diante da imprevisibilidade dos incidentes