logo-blog
Search
rotina eficiente

Cozinheiro profissional e cozinheiro residencial, quais as diferenças?

Índice

Você já teve a ideia de se tornar uma cozinheiro profissional? Esse é um segmento em ascensão no Brasil, tanto para a contratação formal quanto para ser um empreendedor.

A pandemia de Covid-19 trouxe um novo cenário para a gastronomia no Brasil de forma que muitos restaurantes fecharam as portas e outros ainda estão com dívidas.

Porém, o hábito do delivery e o desejo por uma alimentação mais saudável sem precisar ter o trabalho de cozinhar em casa, trouxeram novas oportunidades.

Isso quer dizer que a profissão de cozinheira profissional está em alta, assim como a procura por profissionais para cozinhar em casa.

Para entender melhor cada um desses casos e o mercado de trabalho, continue a leitura deste artigo que explica melhor o tema.

Cozinheiro doméstico residencial 

Tratando-se de uma profissional que sabe muito bem mexer com uma modeladora de esfiha, são feitos ótimos pratos. 

Esse termo pode se referir ao chefe do pessoal da cozinha de uma casa ou à cozinheira empregada doméstica, uma posição menos prestigiosa e que envolve mais trabalho físico.

Esse profissional é responsável pela preparação das refeições e menus diários, assim como o de festas e outras ocasiões especiais.

A cozinheira residencial tem responsabilidade sobre o pedido da comida, a manutenção da cozinha e pela regularização das contas com os comerciantes locais.

O profissional deve reportar-se diariamente à dona da casa ou à governanta. Na hierarquia do serviço doméstico, a cozinheira residencial, geralmente, ganha sua posição por meio do aprendizado, começando o serviço como copeira.

O que faz um cozinheiro em uma residência?

Quem atua como cozinheiro é responsável pelo preparo dos alimentos e por cuidar da cozinha de uma residência, mantendo as prateleiras inox, por exemplo, sempre limpas.

É preciso cuidar para que os alimentos tenham o máximo de higiene e conservação, manter os utensílios domésticos organizados e limpos e a cozinha em um ótimo estado de conservação.

Qual é a jornada de trabalho?

No Brasil, a jornada máxima de trabalho é de 44 horas semanais e 8 horas diárias, sem contar o intervalo para descanso e alimentação. 

Caso ocorra a necessidade, a cozinheira residencial pode trabalhar 10 horas por dia, sendo 2 extras que deverão ser pagas com o respectivo adicional.

Quais são os direitos de um cozinheiro?

De acordo com a natureza de sua atuação, a cozinheira pode ter direito a alguns adicionais. A lei brasileira, no entanto, diz que o trabalhador só pode receber um deles, devendo optar pelo que mais lhe convém.

A cozinheira tem direito ao adicional de insalubridade ou periculosidade e a sua empresa de mangueira de incêndio, por exemplo, deve estar ciente disso. Os direitos trabalhistas de uma cozinheira registrada pela CLT são os mesmos básicos de todo trabalhador. 

Cozinheiro profissional

Uma cozinheiro profissional é aquele que prepara os mais diversos tipos de pratos culinários, como por exemplo: 

  • Refeição;
  • Lanche;
  • Sobremesa;
  • Entrada;
  • Saladas;
  • Acompanhamentos e outros.

O cozinheiro tem a responsabilidade de manipular e temperar alimentos, verificar o estado de conservação dos ingredientes, gerenciar o estoque de produtos e manipular utensílios de cozinha.

Além disso, ele deve manter a organização e a limpeza do ambiente de trabalho. Também deve estar atento às exigências dos pedidos e ao padrão de qualidade, bem como o sabor e aparência do prato servido.

Esse profissional também pode ser o responsável por coordenar as atividades de preparação das refeições, como planejar o cardápio, acompanhar a produção, preparar os ingredientes, escolher os temperos e montar os pratos.

Sua atuação exige habilidade com as panelas, nas combinações dos temperos e no adequado corte das carnes.

Área de atuação

De forma geral, um cozinheiro trabalha em restaurantes e lanchonetes podem ser empreendedores.

Também é possível trabalhar em todo tipo de empresas privadas ou do terceiro setor, preparando refeições para funcionários e clientes, como em uma empresa de alarme de incêndio endereçavel, por exemplo. 

O cozinheiro profissional também pode ser contratado para trabalhar em casas de família, como chef executivo residencial, em buffets, festas e eventos, bem como em cruzeiros e hotéis.

Como se tornar um cozinheiro profissional

Para trabalhar como cozinheiro profissional, espera-se que você tenha uma formação acadêmica ou um curso profissionalizante na área. É preciso ter conhecimentos específicos sobre as técnicas da profissão, assim como sobre o que será produzido na cozinha.

De acordo com site vagas.com.br, o mais comum é que pessoas em cargo de cozinheiro geral tenham a formação de nível médio, mas para se tornar um chef de cozinha, será preciso de um nível superior.

Quer contratar um cozinheiro profissional?

Você quer contratar um Cozinheiro e não sabe por onde começar? Não se preocupe. O Famyle está aqui para te ajudar em tudo o que precisar e garantir que você encontre alguém que encaixe perfeitamente com suas necessidades! Crie uma vaga agora, corre baixar nosso aplicativo e deixe que a gente cuide de você e de sua família! 

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Posts Relacionados

pessoa lavando as mãos

Todos os direitos das Empregadas domésticas

  Saber quais são todo os direitos das empregadas domésticas é fundamental antes de realizar uma contratação, isso porque, muitas vezes a sua necessidade não

Oprah Winfrey

7 mulheres empreendedoras e o que aprendemos com elas

Há séculos mulheres empreendedoras inspiram outras gerações com suas histórias de superação, conquistas e lições de vida. Muitas tiveram que lidar intensamente contra as adversidades

pet sitter

Tecnologias que Facilitam o Trabalho dos Pet Sitters

As tecnologias modernas têm transformado significativamente o trabalho dos pet sitters, tornando-o mais eficiente e seguro.  Ferramentas como aplicativos de agendamento, câmeras de monitoramento e