logo-blog
Search
bebe

Com quem deixar o bebê na volta ao trabalho?

Índice

Mother care concept. Ethnic mom holds new born child wrapped in blanket, busy nursing baby at home, being on maternity leave, enjoys intimate moment with small daughter. Babysitter with infant

Após a licença maternidade, voltar ao trabalho e decidir com quem deixar o bebê torna-se, muitas vezes, um grande desafio para os pais. 

Esse momento é considerado por muitos, o verdadeiro “corte umbilical”, afinal depois de todo o período de gestação e afastamento do trabalho, por quatro ou até seis meses, se afastar do bebê para voltar a rotina de trabalho é um desafio delicado tanto para os pais quanto para o filho que acabou de nascer.

Além de tomar a decisão de qual será a melhor alternativa para deixar a criança, os pais ainda precisam se adaptar à rotina de amamentação, adaptar a alimentação do bebê para os períodos de ausência da mãe, organizar os horários para ter tempo de cuidar da casa, do filho e do trabalho.

Muitos pais, preferem nesse período inicial, deixar a criança sob o cuidado de avós e parentes mais próximos, mas sabemos que nem toda família possui rede de apoio familiar próxima ou disponível para ajudá-los nessa fase, e as alternativas possíveis são deixar o babê na creche ou contratar uma babá, e nesse artigo vamos apresentar as vantagens de cada alternativa para ajudar os pais a tomar a melhor decisão para sua realidade, continue a leitura e acompanhe.

Contrate babá qualificada perto de sua casa

Devo voltar ao trabalho e deixar o bebê?

Alguns pais acabam não conseguindo voltar ao trabalho e deixar o bebê sob outros cuidados e acabam tomando a decisão de afastar-se do trabalho e viver uma rotina integral com seus filhos recém-nascidos, afinal delegar os cuidados com os filhos é uma grande responsabilidade e exige muita confiança. 

Mas essa alternativa só se torna possível quando os pais já possuem alguma estabilidade financeira, afinal, com a chegada de uma criança os gastos da família aumentam e todos os pais desejam oferecer as melhores condições para seus filhos crescerem.

Por isso, por mais que a sociedade possa julgar essa escolha de deixar o trabalho como uma opção fácil, na prática é uma decisão tão difícil quanto escolher outro cuidador para a criança. 

A licença maternidade e paternidade pode se estender por no máximo oito meses, e mesmo que pareça muito tempo, o primeiro ano da criança exige muita adaptação da família. 

A criança, seu primeiro ano de vida, ainda está conhecendo o mundo e por isso a cada mês terá novas demandas de cuidado, atenção e exige muita flexibilidade e paciência dos familiares.

No Brasil, a maioria das famílias não conseguem deixar seus trabalhos para cuidar dos filhos, e por mais que seja o sonho de todos os pais conseguir um afastamento de oito meses, a maior parte das licenças maternidades e paternidades giram em torno de quatro a seis meses apenas. 

Por isso, quando chega o momento de voltar à rotina de trabalho, os pais entram no dilema de decidir com quem deixar o bebê e tomar essa decisão sob os julgamentos sociais pode se tornar ainda mais difícil.

É importante que os pais acolham suas emoções e sua realidade com responsabilidade. Apesar dos dilemas, é importante que tenhamos consciência que voltar ao trabalho é uma tarefa importante para garantir a autonomia e o bem-estar da família. Buscar apoio é extremamente importante e ter uma rede de apoio é fundamental nesse momento.

Os pais que têm condições de abraçar a rotina do bebê em tempo integral precisam ter em mente que também devem desenvolver atividades que promovam o seu próprio bem-estar. 

É importante ter tempo livre para se cuidarem, fazer atividades que gostam, ter tempo para descansar e mesmo que não voltem ao trabalho é importante ter alguém de confiança que eles possam contar para ter ajuda com o bebê.

Aos pais que não têm essa opção como viabilidade, é preciso antes mesmo do nascimento começar a se planejar e conversar com a família para entender qual a alternativa que vai ajudá-los. Para ajudar, separamos aqui dicas de como escolher uma babá e as vantagens da escola para que você escolha com quem deixar o bebê.

Contrate babá qualificada perto de sua casa

Devo deixar o bebê na creche quando voltar ao trabalho após a licença maternidade?

Apesar das opções anteriores, sabemos que a maior parte das famílias brasileiras acabam optando por deixar o bebê na creche quando precisam voltar ao trabalho após o término da licença maternidade e paternidade, seja pelo custo de contratar uma babá ou pela necessidade de voltar a trabalhar e não poder ficar em tempo integral com o bebê.

Sabemos que isso pode deixar os pais inseguros, mas as escolas, berçários e creches são uma boa alternativa também para que os pais possam se ausentar. As vantagens de deixar a criança na escola é que isso estimula a interação social e o desenvolvimento, além de ser uma escolha que pode ser financeiramente mais viável para muitas famílias.

Claro que deixar o bebê em casa, pode ser mais confortável para ele e mais tranquilizante para os pais, mas é importante que os responsáveis pela criança façam a escolha de acordo com sua realidade e suas possibilidades. A escola é um ambiente acolhedor e estimulante para a criança, e deve ser considerada pois será necessária na vida da criança.

O importante é que seja construída uma rede de apoio segura para a família e que os pais possam ter tranquilidade na hora de estabelecer a nova rotina. A chegada de um bebê transforma a vida dos pais e de toda a família, por isso faça a melhor escolha pensando em todos os integrantes. 

Contrate babá qualificada perto de sua casa

Dicas para escolher a bebê ideal para o bebê na volta ao trabalho

Uma das alternativas para a volta ao trabalho é contratar uma babá para ficar com o bebê, pois dessa forma é possível manter o bebê mais confortável estando em casa e os cuidados de uma babá permite mais consciência dos pais com a rotina do filho, organizando uma rotina de comunicação mais flexível, sendo possível ligar a qualquer momento do dia e saber como está a criança.

Uma das maiores vantagens de ter uma babá é que a atenção é dedicada em tempo integral para a criança. Diferente de escolas ou berçários em que se tem várias crianças, a babá pode se dedicar totalmente só para uma criança, ficando mais atenta e disponível para as necessidades do bebê.

Mas sabemos que escolher a babá ideal não é uma tarefa fácil, afinal é preciso ter muita cautela e escolher uma pessoa profissional e de confiança, separamos aqui 5 dicas para você seguir na escolha da babá:

  • 1) Escolha uma profissional: cuidar de um bebê não é uma tarefa simples, exige muitos cuidados e para isso é necessário que a pessoa seja capacitada e responsável. 
  • 2) Converse antes de contratar: quando fizer a escolha da babá, converse com ela antes. Saiba sobre os seus objetivos, gostos e preferências, assim você pode entender se o perfil da babá se adequa ao que a família procura.
  • 3) Busque referências: procure saber sobre as experiências anteriores da babá, os motivos que fizeram ela iniciar nessa profissão e porque ela deseja trabalhar com você.
  • 4) Capacitação: pergunte ou veja no currículo da babá se ela tem formação como cursos pedagógicos, curso de primeiro socorros ou se já participou de algum tipo de curso ou mentoria de cuidados infantil.
  • 5) Contrate com segurança: escolha alternativas seguras de onde contratar a babá. Nem sempre as indicações de amigos ou familiares dão resultado, por isso opte por alternativas seguras como plataformas de contratação ou agências.

Com a Famyle, você pode acessar o perfil de diversas babás que já passaram por uma avaliação prévia e dessa forma você pode escolher uma profissional qualificada e adequada para atender sua família e cuidar com afeto do seu bebê. Além de você contar com uma equipe de suporte completa para te ajudar. Acesse nossa plataforma e confira os serviços disponíveis para ajudar na sua nova rotina com o bebê.

Contrate babá qualificada perto de sua casa

Quer contratar uma babá?

Você quer contratar uma babá e não sabe por onde começar? Não se preocupe. O Famyle está aqui para te ajudar em tudo o que precisar e garantir que você encontre alguém que encaixe perfeitamente com suas necessidades! Crie uma vaga agora, corre baixar nosso aplicativo e deixe que a gente cuide de você e de sua família! 

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe!

Posts Relacionados

pessoa lavando as mãos

Todos os direitos das Empregadas domésticas

  Saber quais são todo os direitos das empregadas domésticas é fundamental antes de realizar uma contratação, isso porque, muitas vezes a sua necessidade não

Oprah Winfrey

7 mulheres empreendedoras e o que aprendemos com elas

Há séculos mulheres empreendedoras inspiram outras gerações com suas histórias de superação, conquistas e lições de vida. Muitas tiveram que lidar intensamente contra as adversidades

infantil

Cuidado infantil: Como se preparar para emergências

Preparar-se para emergências durante o cuidado infantil é uma responsabilidade crucial para pais, cuidadores e profissionais da área da saúde.  Diante da imprevisibilidade dos incidentes