logo-blog
Search
acompanhante de idosos

5 dicas para encontrar um acompanhante de idosos

Índice

Ainda que seja natural e inevitável, o processo de envelhecimento nem sempre é tranquilo e saudável, por isso um acompanhante de idosos é tão importante.

À medida que a idade avança, surgem doenças crônicas ou agudas, além de limitações físicas, mentais ou problemas psicológicos que prejudicam a execução de atividades do dia a dia.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 80% dos idosos apresentam alguma doença crônica. Mesmo quando é desejo da família permanecer ao lado dos idosos oferecendo companhia e cuidados, nem sempre é possível estar presente em todos os momentos.

Para esses casos e para idosos que não precisam de uma atenção especial, mas que gostariam de companhia de alguém de confiança para a realização das atividades, uma cuidadora de idosos profissional é uma alternativa segura e com um bom custo-benefício.

Sua empresa de calça para uniforme deve saber que a profissão de cuidadora de idosos é reconhecida pelo Código Brasileiro de Ocupações (CBO).

Trata-se de um ofício de alta responsabilidade e é indicado que a família contrate somente pessoas com formação em cursos profissionalizantes na área.

Devido à importância desse profissional, além das habilidades técnicas, antes de contratar um cuidador, é importante observar algumas questões.

Acompanhante de idosos e famílias

O preparo adequado para lidar com as situações do dia a dia é primordial, de forma que cuidar de idosos é uma arte que exige técnica e dedicação. Atitudes simples podem fazer toda a diferença no bem-estar e na qualidade de vida dos pacientes, como essas dicas a seguir.

1 – Leve o idoso para passear em lugares abertos

Sua empresa de licenciamento ambiental deve saber que as limitações psicomotoras têm como consequência uma redução drástica de passeios ao ar livre. No entanto, eles são fundamentais para a socialização e o contato com o mundo exterior para os idosos.

Ser negligenciado neste aspecto pode levar a quadros depressivos, de forma que o quadro clínico somente se agrava. Aproveite dias ensolarados para sentar à sombra de uma árvore, fazer um piquenique ou simplesmente observar a natureza.

2 – Peça para que toque um instrumento ou ouça música

Estudos mostram que pacientes em casas de repouso que têm contato com instrumentos musicais aumentam sua qualidade e expectativa de vida.

É interessante oferecer alternativas que despertem o interesse e alegria de pessoas idosas, em vez de ficar somente na frente da televisão. A música é uma excelente opção. Pode ser uma miniatura ou um instrumento real, dos mais diversos tipos, como:

  • Violão;
  • Flauta;
  • Teclado;
  • Violino.

O importante é que o paciente se sinta à vontade e se alegre com a atividade, pois a música tem o poder de elevar o espírito.

Ela proporciona bons sentimentos e pode ajudar a acalmar pacientes agitados e nervosos, ao mesmo tempo que anima pacientes mais quietos e passivos. Procure descobrir quais \eram as músicas ou o estilo musical preferido da pessoa e coloque para que ela escute.

Em sua empresa de descarte de lixo hospitalar, mantenha o volume dentro do razoável, prestando atenção se o idoso não está incomodado de nenhuma forma.

3 – Deixe que o idoso veja e imite as ações que você faz

Idosos com Alzheimer ou demência têm dificuldades para realizar coisas básicas, como se alimentar com garfo e faca. Mas quando observam outra pessoa fazendo isso, os mecanismos do cérebro facilitam para que eles se lembrem daquela ação.

Um dos melhores conselhos para um acompanhante de idosos e famílias é que procurem fazer atividades simples permitindo que o paciente observe, e estimulando-o a repetir os mesmos movimentos.

4 – Acompanhe ao longo dia o consumo de água 

No inverno e no verão, a desidratação é um das causas de óbito entre pessoas com demência e Alzheimer, pois elas simplesmente se esquecem de beber água ou perdem a capacidade de identificar a sede.

Sempre ofereça muitos líquidos, como chás, sucos e água pura, além de frutas com bastante água, como melancia e maçã. Se o idoso em sua empresa de tubo de silicone mostrar resistência, esqueça por alguns minutos e depois tente novamente com um sorriso.

5 – Favoreça o contato com animais

Animais são sempre encantadores, sejam domésticos ou não. A presença de um filhote ou de um pet na casa é sempre motivo de alegria e sorrisos.

Favoreça o contato dos pacientes com cachorros, gatos, passarinhos, coelhos, peixes, hamsters ou outros pets que estimulem seu bem-estar.

Tome cuidado apenas para evitar acidentes, como mordidas e arranhões, mantendo um bom monitoramento das demonstrações de afeto e não expondo nenhum deles ao perigo.

Quer contratar um acompanhente de idosos?

Você quer contratar um acompanhante de idosos e não sabe por onde começar? Não se preocupe. O Famyle está aqui para te ajudar em tudo o que precisar e garantir que você encontre alguém que encaixe perfeitamente com suas necessidades! Crie uma vaga agora, corre baixar nosso aplicativo e deixe que a gente cuide de você e de sua família! 

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Posts Relacionados

pessoa lavando as mãos

Todos os direitos das Empregadas domésticas

  Saber quais são todo os direitos das empregadas domésticas é fundamental antes de realizar uma contratação, isso porque, muitas vezes a sua necessidade não

Oprah Winfrey

7 mulheres empreendedoras e o que aprendemos com elas

Há séculos mulheres empreendedoras inspiram outras gerações com suas histórias de superação, conquistas e lições de vida. Muitas tiveram que lidar intensamente contra as adversidades

infantil

Cuidado infantil: Como se preparar para emergências

Preparar-se para emergências durante o cuidado infantil é uma responsabilidade crucial para pais, cuidadores e profissionais da área da saúde.  Diante da imprevisibilidade dos incidentes